orkut, comunidades, namoros e mensagens
Tudo sobre orkut, namoro, comunidades e mensagens

Orkut versus Facebook: confira a opinião de um blogueiro brasileiro sobre os sites

Empresas de todos os tipos e tamanhos estão investindo nos sites de relacionamentos online, como o Orkut.com, da Google Inc., por exemplo. Enquanto no Brasil a internet segue dominada pelos orkuteiros, no resto do mundo outros sites se saem bem melhor. Um desses "orkuts alternativos" é o Facebook.

Pouco conhecido ainda dos brasileiros, o Facebook.com já está sendo descoberta pela brogosfera nacional. Abaixo, reproduzimos a opinão do blogueiro Rodrigo Correia sobre o site que, segundo ele, é bem melhor que o Orkut.

Administrador de Sistemas, Webdesigner, blogueiro e músico nas horas vagas, conforme se auto-define, Rodrigo tem 30 anos e compartilha um pouco da experiência que tem com o Facebook no Blog pessoal (http://rodrigocorreia.com):

1 dúzia de bons motivos para sair do Orkut e migrar para o Facebook

Gente que não conheço querendo me adicionar. Mensagens, desenhos e propagandas duvidosas que não me interessam. Convites para participar de comunidades inúteis, sem propósito. Não sei quanto a vocês, mas eu já me cansei do Orkut. Confesso que ainda acesso, mas apenas em consideração aos meus amigos e familiares que ainda utilizam o serviço.

Recentemente me apresentaram o Facebook. A princípio não dei muita atenção pois pensei que se tratava de mais um Orkut da vida e definitivamente eu não precisava de mais um. Depois de ler alguns feeds que falavam muito bem a respeito dele, resolvi experimentar. Faz pouco tempo que estou usando mas já de cara consegui identificar 12 coisas que fazem dele uma opção muito melhor que o Orkut.

1. Privacidade
Isso não tem preço. No Orkut todo seu perfil fica escancarado pra quem quiser ver. O mesmo não acontece aqui. Por padrão apenas seus amigos podem ver seu perfil. Os outros podem apenas ver seu nome e thumbnail (versão reduzida da foto do perfil). Nada mais. Quem não é do seu círculo de amizades não tem que saber da sua vida! Além disso você pode sempre configurar as opções de privacidade como achar conveniente.

2. Redes restritas
Se você quiser fazer parte da rede de sua empresa ou da faculdade, terá que provar que faz parte dela. Isso mesmo! Por exemplo, se você é funcionário da empresa XYZ, terá que fornecer seu email corporativo (voce@xyz.com) e uma mensagem de confirmação será enviada para esse email. Ou seja, apenas quem tem email do domínio xyz poderá fazer parte dessa rede.

3. Design
No Facebook tudo é mais clean. O site é praticamente todo feito em tons de azul, preto e branco, o que faz a navegação menos cansativa. É possível customizar a aparência do seu perfil, adicionando/removendo campos e alterando sua posição.

Facebook

4. Upload e e organização de fotos
Usuários do Orkut me corrijam se eu estiver errado, mas o sistema Orkut de fotos é muito primitivo. Você tem que transferir as fotos manualmente, uma a uma, e na ordem que você deseja. Se precisar alterar a posição de alguma foto você precisa deletar todas que estão na frente dela e fazer novamente o upload, uma a uma, na ordem certa. Chega a ser ridículo.

No Facebook as fotos podem ser transferidas todas de uma vez. Para alterar a posição das fotos basta um simples movimento de mouse: arrastar e soltar. Além disso não existe limite de fotos (no Orkut são apenas 12) e você pode organizar suas fotos em álbuns. Precisa falar mais?

5. Tags em fotos
O sistema de tags para fotos do Facebook é bem interessante. Você faz uma marca em cima da pessoa que vai ser “tagueada” e depois adiciona a tag. Dessa maneira quando alguém passa o mouse em cima dessa pessoa aparece o nome dela. Se for usuária do Facebook um link para o perfil dela é adicionado à tag.

Você também pode adicionar tags em fotos que não são suas. Claro que nesse caso o dono da foto deve aprovar sua tag.

Se você foi “tagueado” por alguém essa foto passa a fazer parte de seus álbuns. Suas fotos são divididas em: fotos adicionadas por você e fotos adicionadas por outros. Além disso, quando você visita os álbuns de um amigo, é possível visualizar apenas as fotos em que os 2 estejam juntos. Bem legal!

6. Plugins
O que torna o Facebook altamente customizável são seus plugins ou extensões. Existem mais de 1000 aplicações disponíveis. Por enquanto instalei apenas 3:

  • Last.fm Music: apresenta as últimas músicas que você escutou via Last.fm e permite que os amigos que visitam seu perfil escutem essas músicas
  • Where I’ve Been: mostra um mapa-mundi com os países que você já visitou, morou ou tem desejo de conhecer
  • X Me: Traz funcionalidades adicionais à aplicação Poke, que vou explicar em seguida

7. Pokes
Poke pode ser traduzido como cutucar. Sabe quando você não tem nada a dizer mas só quer “perturbar” seu amigo? Então, é mais ou menos isso. Ele recebe uma notificação e fica sabendo que você o cutucou e pode mandar um poke de volta. Ou não :-)

A extensão X Me (comentada acima) traz novas ações ao Poke. Você pode, por exemplo, mandar um abraço.

8. Presentes
Presente ainda é uma ótima forma de demonstrar a alguém o quanto ela é importante. Os presentes no Facebook são virtuais. São, na verdade, imagens de um presente que poderia ser real:

Presentes

O mais interessante de tudo é que esses presentes são pagos. Custam U$1,00 cada. Gostei do sistema por 2 motivos:

  • Presentes gratuítos podem facilmente virar spam. O que é gratis todo mundo dá e dá sem dó. Ou seja, vai ser um tal de receber 50 gifts por dia que o presente perderá seu valor.
  • Quem recebe o presente sabe que teve um custo, sabe que ele não é dado pra qualquer um. O valor do gesto se torna bem maior.

9. Marketplace
Não tem muito o que explicar. É um sistema tipo Classificados. Você pode adicionar fotos aos artigos que está vendendo, ver os produtos de seus amigos e buscar em outras redes. Também pode fazer uma lista de coisas que deseja comprar. Os artigos variam de bolinhas de gude a apartamentos.

10. Feeds de atividades
Qualquer atividade feita no Facebook é registrada. Se você adicionou uma foto, foi “tagueado” em outra, escreveu no Wall (tipo scrap do Orkut) de alguém, adicionou um novo amigo, mudou algum status, tudo fica armazenado em forma de feeds.

Junto a seu perfil existe um campo chamado Mini-Feed. Nesse campo são exibidos os feeds que foram armazenados. Como tudo no Facebook, isso também pode ser customizado. Por exemplo, Você pode tirar do seu perfil a opção de exibir o Mini-Feed ou então deletar somente as atividades que não deseja que sejam exibidas.

11. Status
Logo abaixo de sua identificação existe um campo de status onde você pode deixar informações do tipo: Rodrigo Correia is at home (updated 50 seconds ago). Em português: Rodrigo Correia está em casa (atualizado há 50 segundos).

Uma outra coisa que achei interessante. Se você tem um relacionamento com alguém (namoro, noivado, casamento) e seu cônjuge também faz parte do Facebook, seu relationship status pode ser: Fulano de Tal é namorado de Fulana de Tal, com link para os 2 perfis.

12. Histórico de amizades
Você pode relacionar detalhes de sua amizade. Onde, como e quando se conheceram, atividades que fizeram juntos, etc. Esse histórico deve ser aprovado pelos 2 amigos e ambos podem editá-los.

Única desvantagem
Idioma português (ainda) não disponível.


Tags:


x